Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 29 de março de 2011

destemperada... ou com pimenta demais?!

tenho pavio curto, quem convive comigo já deve ter me visto 'perder a paciência' por alguma bobagem...

as vezes são pequenas tolices... qd me dou conta... fui grossa feito uma parede de igreja antiga...

fico pensando até q ponto este meu 'destempero' faz parte do 'peter pan sindrome'... já que eu nunca quero crescer... adoro ser boba, infantil, moleca, agitada, barulhenta?!?!

então penso que já está na hora de ser 'adulta', mais séria - pq como alguém pode acreditar q é responsável uma pessoa q dança no corredor do trabalho?!?! que brinca com todos, que põe apelido e faz piada o tempo todo mundo... alguém q engasga pra tratar qq pessoa por 'senhor', 'doutor', 'diretor' ou qq outro nome de gente séria?!?!

o insuportável, é q qd aparece esta 'voz' rabugenta... eu ouço, como se não fosse eu, como se fosse outra pessoa q se apossa do meu ser e solta farpas... pra todos os lados... pras pessoas que amo e pra qq um q esteja por perto... um horror!!!

dai, como conviver com esta pessoa temperada ao extremo e que vai destilando veneno por onde passa, simplesmente pq não foi feita sua vontade exatamente na hora que ela deseja... difícil ser feliz desse jeito.

há tempos eu dizia "eu sou assim mesmo", hoje já penso que devo tentar controlar esta louca desvairada que vai derrubando todos a minha frente...

engraçado pensar q posso ser uma moça chorona e dengosa... e ao mesmo tempo... grossa e arrogante... eita vida múltipla... :(

segunda-feira, 21 de março de 2011

aconchego...

acordei com essa palavra hoje na cabeça...
fui procurar no dicionário e descobri que significa muitas coisas, inclusive proporcionar a alguém bem estar ou conforto, acomodar-se.

pensei em todas as pessoas que conheço... a tantos colos, diferentes que se encontra pela vida...e descobri que temos pessoas que fazem a função 'almofada'... agora pense numa almofada deliciosa, grandona, fofinha... ou seja, são essas que a gente chega perto... vai se aproximando, se aninhando, se acomodando, se aconchegando... e não quer mais sair de perto.

então... descobri que de todas as coisas da vida... o bom mesmo é ter gente querida que pode ter pra vc a função de 'almofada'... dessas que vc vai se chegando, se juntando, se agasalhando e ficando cada momento mais confortável...

tomara que eu seja tb a 'almofada' ou uma 'cobertinha' pras pessoas que me são tão queridas...

hoje é um dia bom... pq o findis foi assim... fantasiado de almofada...

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

21.01.2011 - um ano cheio de truques

esta semana transcorreu estranha... cheia de altos e baixos... muito mais baixos... infelizmente :(

me peguei sendo uma pessoa ciumenta,,, mais ansiosa do que pensei que fosse... chatérrima que nem eu me aguento... mais desgastada tb.

a moça 'versão light' que me prometi ainda não chegou... ainda sou intensa, inconstante, chorona ao extremo e abusada... abusada do jeito recifense de ser... do tipo que toma abuso das coisas fácil... e de gente tb!!!

lidar com as inconstâncias do meu humor vai me levar à fadiga mental qq dia desses...

impressionante tb como uma tola bobagem me anima de tal forma... aqui tudo é exagerado... pro bem e pro mal... daí continuo fazendo pequenas tolices pra me animar o dia...

café com torta de chocolate...
fazer as unhas com esmalte vermelho fosco...
comprar bubu amarelo e dois bonés novos pra coleção...
entrar na piscina no fim da tarde e 'namorar' o céu...

os dias transcorrem assim... bons e ruins... com sol e chuva... e eu vou seguindo... dando risadas ou chorando muito...

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

2011... recomeçar...

ter muitas conexões com o mundo me deixou longe desse blog... mas gosto de escrever tranquilamente... os 140 caracteres do twitter não me deixam dizer tudo o que sinto... lá são breves resumos... aqui... idéias mirabolantes...

estou aqui... de volta à Luanda, ainda sem saber exatamente onde me levam meus passos... estava lendo um post de outubro... toda chorosa. Felizmente nem todos os amigos que disseram que iam embora foram... fiquei bem feliz de continuar com eles por perto... foram outros que eu nem sabia que iria sentir falta... mas fazem :(

Pat ficou no recife e nossa casa no nova vida tem um buraco enorme por causa da falta que ela faz... suas risadas... seu jeito carinhoso e animado... Chegamos há poucos dias e ainda não deu pra realmente entender que ela não está... tenho sempre a sensação que jájá ela chega... :)

alguns amigos queridos eu já consegui rever... fui almoçar, fui jantar, encontrei no shopping, fui no cinema... tudo pra matar as saudades... outros.. até o fim de semana eu consigo ver, abraçar e apertar as bochechas!!!

Normalmente eu faço planos pro ano novo... esse ano inventei o 'projeto cintura de pilão' pq eu preciso perder peso... na verdade só queria secar a barriga que virou um 'buchinho' horroroso... o resto pode ficar do jeito q tá... carnuda... hahaha... por enquanto estou tentando comer melhor, mas é difícil nessa terra... sempre tem alguém com uma 'cervejinha' pra te atentar... mas eu consigo!!

das outras coisas da vida... estou deixando os dias seguirem calmos... dar tempo ao tempo... tempo de plantar e tempo de colher... vou tentar viver uma coisa de cada vez, pq a vida passa rápido e qd vc se dá conta... foi-se... então vou usar meu tempo livre pra ser feliz... ou no mínimo me cercar de gente que me faz bem ao coração... :)

que venha 2011!!! ele e seus binários... sim ou não, nunca talvez?!?!

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

pq o tempo passa...

vc vê um relacionamento que não vai te levar a lugar nenhum, mas é comfortável, não lhe incomoda e vc não é obrigada a fazer nada.
Então vc fica nele, dia após dia, ano após ano, e vc preenche o espaço com a pessoa errada.
Para crescer, é preciso esvaziar esse espaço, pra dar lugar para a pessoa certa entrar e ajudar vc a se transformar.
Essa é uma lei espiritual da Luz.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

ainda com o coração apertado...

em Angola... vc se apega às pessoas rapidamente, viram grandes amigos e de repente, vão-se! ñ achei q teria esta sensação de perda tão cedo.

sempre digo e repito que é estranho demais estar neste lugar... sinto minha casa tão perto e tão longe ao mesmo tempo... tão igual, semelhante e tão diferente... é aterrorizante.

fico olhando os amigos que já fiz por aqui... já são muitos e queridos!!!
- o povo de casa... aos pouquinhos vamos compreendendo o jeito de cada um... hoje eles parecem amigos de longa data... família mesmo!!! engraçado que os que eu tive mais dificuldade, hoje são os que mais gosto... vai entender?!?!
- os amigos... quero todos por perto. fico carente se não encontro pra almoçar ao menos 1 vez por semana... preciso de longos abraços pra realimentar meu coração carente... os brazucas... não os vejo desde q voltei do brasil... tenho q fazer alguma coisa pra vê-los... e qd encontro... é sempre uma farra... cheia de beijos e abraços e bagunça... e música... uma festa!!!

mas agora me pego triste... como vai ficar meus dias se perco um destes do meu convívio? semana passada dois me disseram que vão embora... chorei só de pensar em quanto vou ficar sozinha... o quanto estes dois vão me fazer falta... como vou ficar sem colo?? descobri que vou estar sempre lidando com esta sensação de perda... pq as pessoas aqui vem e vão... e são de todo canto, daí, vamos nos perder no tempo e na distância!!! dessa aprte eu não gostei nadinha :(

descobrir-se sozinha é uma dureza... e estranho pq eu sempre gostei de ser sozinha... de andar sem muitos lastros e entraves... mas descobri que hoje preciso do 'colo' de tantos amigos... ter a certeza de um lugar pra descansar a cabeça e chorar baixinho. um dos amigos pode pensar... 'ah! nunca a vi chorando'... mas saber que posso chorar num ombro amigo é uma deliciosa dádiva.

tenho saudades tb de tantos outros amigos, que daqui de longe não podem me dar colo... vou ter que me valer de colos virtuais... ;) saudade imensa de todos!!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

banzo...

segunda feira lenta... começou com uma conversa séria que surgiu não sei de onde no msn... tentei cortar a seriedade e virou outro assunto sério... aff... preciso mas não quero...

a manhã toda transcorreu meio estranha... ou sou eu que estou estranha.... sai de casa na hora de sempre... trânsito lento já o comecinho da samba, antes do morro da luz... desisti de olhar e fui dormir [as benesses de ter motorista]... cheguei no trampo e o da não anda... ao menos consegui pôr em dia pequenas pendências da semana passada...

mas cá estou... lerda... fui almoçar com meus 'pareias' angolanos... mas nem calulu de peixe me fez feliz... deixei metade do prato... estou com a sensação que sou absolutamente desnecessária... saco... odeio estar assim...

acho que é 'neura' pq vou pro brasil... sinceramente não queria ir... queria conseguir engrenar mais no trabalho, mas não rolou... queria ficar... viajar pra Huila, pro Namibe... continuar com as visitas às provincias... olhar os cantos desse país, mas não vou :(

daí fico aqui... com a sensação que estou perdendo tempo... fazendo nada...
então... fico pensando que todos ficam querendo desesperadamente voltar pro brasil... e eu estou aqui... tranquila, curtindo as coisas que tenho pra fazer... vai entender!!!

ao mesmo tempo... estou com saudade de tantos abraços... preciso deixar de ser 'viciada em trabalho' e começar a me colocar de férias :D

domingo, 19 de setembro de 2010

fim de semana prolongado...

Sexta feira foi dia do herói nacional - Agostinho Neto. 1º presidente de angola e o líder da luta pela independência.

daí... FERIADO!!!!

a farra começou na quinta... eu que não sou de ferro fui pra players ver os amigos brazucas que já estava morrendo de saudades!!! adoro esse espaço... pq tem sinuca... toca samba [óia eu metida sambando!!!]... toca forró... que dancei com xuxu... e tem 'fino cuca' que eu adoro!!! O povo fez farra até de manhã, mas eu fugi cedo... fui dormir :)

sexta fiquei em casa... na boa vida de curtir um solzinho na piscina... fiz uma comidinha... e curti preguiça o resto do dia... dormi cedinho... resolvi que este fim de semana ia desacelerar...

sábado... fui às compras... francisco - meu motorista querido - me levou no ojaenda, um bairro comercial popular pra comprar panos e bubus pra levar pro brasil... pense numa loucura... mas tirando o sotaque e a poeira... não deve nadinha pro saara... a mesma confusão de qq rua comercial com vendedores ambulantes... quase enlouqueci com tantos tecidos lindos... e lenços mais bonitos ainda... perdição total!! e ainda fomos na feira do Benfica pra comprar um colar e esculturas do 'pensador'.

em casa... churrasco... a casa é grande, com piscina... então foi uma farra daquelas... divertidíssimo... e eu ainda fiquei de 'dona da casa' pq as esposas estão viajando... muito bom...

consegui fazer farra... resolver coisas pra minha viagem de férias pro brasil e descansar... como eu pretendia :)

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Seminário - transporte em angola

pois então.... passei dois dias no ENAD, num seminário sobre mobilidade e transportes. Não vou comentar as questões técnicas ou os temas discutidos... são coisas da nova legislação vigente em Angola sobre os transportes rodoviários.

muito me lembra a expectativa de solução milagrosa para todos os problemas por conta somente da publicação da Lei... como foi no Brasil com o código de trânsito.

vou falar das pessoas... todos os homens de terno, as mulheres... chiques!!

logo de cara, evento marcado para as 8 da manhã... o evento inicia às 9h30. Todos de pé para receber a Vice-governadora (chiquérrima num vestido preto de bolinha branca e casaquinho vermelho). Acho que nem quando Lula chega nos cantos há a 'obrigatoriedade' de se ficar de pé.

das apresentações... cheias de sotaque, houve 'prelectores' excelentes e outros péssimos... normal.. mas na hora das perguntas é q o sotaque vem forte... todos querem falar... e surgem os 'faz favor' pra pedir o microfone e o 'desculpa lá' quando o comentário a ser feito pode de alguma forma ser ofensivo à mesa.

no geral... corre tudo muito normal... exceto pelo atraso monstro... o intervalo pro café foi às 11h45... quase na hora agendada pro almoço... o segundo dia teve almoço... e ai q agumas coisas eu tenho inveja dessa gente educada...

havia um grande buffet, com comidas locais [tudo aparentemente delicioso] e só se vai até o buffet depois q a pessoa mais importante for até a mesa... e as pessoas só podem se servir depois q o 'mais importante' for servido.

eu que estava junto de dois angolanos, fui orientada a esperar... e as pessoas ficam lá... calmamente esperando que o vice ministro se sirva... depois... o restante se serve.

as comidas são sempre um acontecimento... comi caldeirada de cabrito, q é um cabrito cozido com batatas e cenouras... muito bom... comi tb muteta... umas 'bolotas' feitas com a semente da abóbora e cozidas num molho de tomate.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

dias que correm...

Estar em Luanda faz com que a vida corra 'serelepe'.

O fim de semana foi uma farra só... apesar de tranquila e amorosa... pq estar aqui faz com que seus amigos virem um grude... e como fizemos com 'bom'...temos que aproveitar todas as demonstrações de carinho e afeto possíveis, porém sem comprometer demais...

assim, os recém conhecidos viram grandes amigos de um dia pro outro [imagino o que não ocorra com os casos amorosos, intensos demais, provavelmente!!!] fico aqui e sinto saudades de pessoas que conheço há dias... afinal... estou aqui a pouco mais de 2 meses... e qd encontro são grandes e longos abraços... vontade de ficar perto... pq uma coisa que faz falta e não tem nada que possa suprir é ausência de carinho.

olho na agenda e vejo as anotações das 'farras'... uma ou outra parece que foram há meses... foram há 15 dias... dias muito intensos...

mas... uma novidade boa... meu protocolo chegou... hehehe não estou mais à margem da legalidade... :D

sábado, 4 de setembro de 2010

praia... sangano

hoje eu fui a praia... mas nem pense que estou 'preta' do sol... dia nubladão... conseguimos uns 20 minutos de sol aberto...

no cacimbo não tem sol... é sempre nubladão... e hoje pela manhã choveu... coisa que nunca havia acontecido desde que cheguei por estas bandas...

mas foi bom... ficar a toa... rir muito!!! olhar o mar e não pensar muito na vida!!!

eu gostei... e ainda consegui um nariz vermelhinho... hehehe

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

dos dias...

quando cheguei em angola, prometi escrever todos os dias....
estar aqui é muita informação e minha cabeça não pára... daí... do mesmo jeito que um dia deixei de 'ler por prazer'... aqui não consigo mandar notícias... não consigo escrever...

resolvi organizar umas coisas pra poder aos pouquinhos ir mandando algumas impressões... o ponto de vista de alguém que mora aqui e que se sente em casa, gosto do clima das pessoas na rua, das comidas, das musicas... mas ao mesmo tempo tenho os dissabores de não ter casa, de ser dependente pra me locomover pelos cantos... sou 100% estrangeira.

ser estrangeiro é uma sensação muito estranha... qq pessoa na rua me olha e sabe [sim, eles sabem!!!] que eu não sou daqui. Nenhum angolano ou angolana se equivocou... todos chegam perto e dizem 'brasileira'... ao menos aqui ser brazuca é bom... os angolanos gostam, no geral, dos brazucas... assim estou tranquila. Mas tb é ruim ter certeza de q vc não faz parte deste lugar... nunca pensei que isto seria um motivo de estranhamento na minha vida... mas estar longe 'de casa' me faz querer gritar que sou brazuca... me faz sentir saudades de coisas que não damos a menor importância.

saudade de sol - pq no cacimbo... nada de sol... só um céu cinza, mas que estranhamente não me deixou melancólica como eu ficava nos dias de chuva carioca... agora o sol já dá o ar da sua graça às 8 da manhã... dias melhores virão!!

quinta-feira, 8 de julho de 2010

chique...

Nunca o termo "chique" foi tão usado para qualificar pessoas como atualmente. A verdade é que ninguém é chique por decreto. E algumas boas coisas da vida, infelizmente, não estão à venda. Elegância é uma delas. Assim, para ser chique é preciso muito mais do que uns guarda-roupas recheados de grifes importadas. Muito mais do que um belo carro Alemão.

O que faz uma pessoa chique, não é o que essa pessoa tem, mas a forma como ela se comporta.

Chique mesmo é quem fala baixo. Quem não procura chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por seus imensos decotes, mas que, sem querer, atrai todos os olhares porque tem brilho próprio.
Chique mesmo é quem é discreto, não faz perguntas inoportunas, nem procura saber o que não é da sua conta.
Chique mesmo é parar na faixa de pedestre e abominar a mania de jogar lixo na rua.
Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que estão no elevador. É lembrar do aniversário dos amigos.
Chique mesmo é não se exceder nunca. Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.
Chique mesmo é olhar no olho do seu interlocutor. É "desligar o radar" quando estiverem sentados à mesa do restaurante, e prestar verdadeira atenção à sua companhia.
Chique mesmo é honrar a sua palavra. É ser grato a quem lhe ajuda, correto com quem você se relaciona e honesto nos seus negócios.
Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, mas ficar feliz ao ser prestigiado. Mas para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se lembrar sempre do quanto a vida é breve e de que vamos todos para o mesmo lugar. Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não desperdice as pessoas interessantes com quem cruzar e não aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não lhe faça bem.

Porque, no final das contas, chique mesmo é ser feliz!

quarta-feira, 30 de junho de 2010

ainda as impressões de quem acaba de chegar em Luanda

Cá estou eu, em Luanda, a bela e sofrida capital de Angola.

Estou super bem instalada e as condições de trabalho são muito boas, escritório confortável e toda a infraestrutura possível para poder realizar o trabalho sem atropelos. A saudade de tudo e todos é que é a grande dificuldade do dia-a-dia.

E também, contar algumas impressões... fico devendo as fotografias...
A cidade de Luanda é linda, e como estamos no cacimbo (período com névoa) faz muito frio, e por causa do cacimbo, o pôr do sol é deslumbrante e a Lua cheia é outro espetáculo digno de nota.

Os contrastes na cidade são de quase enlouquecer.
Carros imensos - SUV e pick up, aqui chamadas de carrinhas - são a grande maioria, nossos carros 1.0 simplesmente não existem por aqui. No entanto do mesmo jeito que se vê pela cidade muita riqueza, também se vê uma pobreza angustiante. Como nesta época não chove, tem-se uma poeira constante que misturada ao lixo espalhado dá uma sensação de abandono enorme.

O povo angolano é lindíssimo!! de ficar de boca aberta, eu me sinto a coisinha mais feinha da face da terra!! As mulheres andam coloridíssimas com suas roupas tradicionais coloridas e turbantes. Os cabelos trançados são outro grande destaque. Os homens andam todos arrumadíssimos, e tb muito coloridos. As mulheres executivas são um destaque, pq usam terninhos e vestidos, mas tb com uma mistura de cores maravilhosa. Definitivamente tom pastel e cores neutras não existem por estas bandas. Todos sempre arrumadíssimos.

Come-se muito bem, e eu ainda estou na fase de descobrir comidas e sabores. Os frutos do mar são a grande vedete, mas os preços são de deixar qq restaurante do recife baratérrimo!!! qq almoço fica entre 40 e 60 reais, almoço simples em buffet que os atendentes servem seu prato, café com bolinho de arroz [já um dos meus preferidos] 10 reais.

O trânsito, sinto saudades imensas da ponte do pina congestionada, gasto diariamente muitas horas de carro da minha moradia para o escritório, hoje gastamos 3 horas... e ainda bem que tenho motorista. Mulheres brancas e estrangeiras, não são autorizadas a dirigir na empresa, por uma questão de segurança. Eu que adoro dirigir, fiquei brava qd soube, uma semana por aqui já agradeço muito por ter um motorista. Dirigir aqui é pra quem tem muita, mas muita, mas muita paciência.

E afinal, o que vim fazer aqui... sou consultora do DNTR (um misto de ANTT com DNIT) para todo e qq assunto ligado ao transporte no país. Um tipo de assessoria bombril. Se para transportes há muito coisa ainda por fazer em outras áreas tudo está em obra.

Ainda estou estranhando o lugar, o sotaque que lembra muito o dos portugueses, mas que tem um acento típico daqui, muitas vezes não compreendo nada do que dizem. Ao mesmo tempo reconheço em alguns cantos a cara e o jeito brasileiro, toca música brasileira no rádio. Tem brasileiro em tudo qt é canto e passam e te dizem 'oi, tudo bom?', como velhos conhecidos... estranho demais ser 'expatriado'.

Eu que choramingava pq iria deixar a sala de aula, já inclui nas minhas atividades de consultoria uma capacitação para os funcionários da DNTR. Mesmo que seja só um cadinho, vou ser professora por aqui tb!

sábado, 26 de junho de 2010

Brasil x Portugal em Luanda

Amanheci já vestida com a camisa do Brasil, afinal descobri pq os estrangeiros no Brasil fazem questão de celebrar seu lugar de origem... agora eu tb sou estrangeira... e fui andar pela cidade mostrando minha camisa verde e amarela. Foi delicioso ver o carinho das pessoas na rua por conta da camisa brasileira... :) num belo dia de sol!!!

no trabalho fico numa mesa em frente a um português... mas o convívio foi amigável... os angolanos ficam divididos... muitos torcem pelo Brasil e outros por Portugal... como somos uma empresa braso-angolana, fomos liberados do trabalho às 12h30 pra ver o jogo.

o caminho pra casa já foi uma viagem... [vi algumas bandeiras do brasil timidamente penduradas em janelas]... quase duas horas de carro... longe mesmo, apesar do trânsito estar ótimo... pros padrões de Luanda, mesmo por tanto tempo foi bom... consegui olhar o caminho durante o dia... ver as pessoas e o comércio de rua que é inacreditável.

A transmissão na tv é uma coisa horrorosa, pq o cara além de torcer contra o brasil (não importa quem esteja jogando!!), tem um super sotaque, que eu não entendo nada do que ele diz... escanteio = ponta pé de baliza, goleiro = guarda redes... que saudades do galvão bueno!!!

já na casa, que ficou cheia, com os moradores (6 pessoas), 2 motoristas e uma visitante. ou seja, 3 homens e 6 mulheres... pense numa falação... kkkk todos famintos... daí eu fiz arroz, que comemos com feijão preto e banana no intervalo do jogo... e logicamente... cervejinhas...

quanto ao jogo, nem preciso comentar... dormi no 2º tempo... Ah!! aqui conta o tempo corrido... não é 15 minutos do segundo tempo, é 60 minutos de jogo... coisas destas terras de cá!!

estranho, diferente, mas muito familiar!!

quinta-feira, 24 de junho de 2010

um dia de cada vez...

estou bem...

meu corpo ainda está estranhando o fuso horário [4 horas], daí hoje estou morta de sono.

do trabalho, vou aos pouquinhos tomando pé da situação... são muitas frentes de trabalho, mas vou tentar fazer o melhor possível... e se não der... continuo tentando... hehehe

das comidas... definitivamente vou ficar gorda!!!
ontem fomos num restaurante maravilhoso [comi arroz de mariscos e bolinho de bacalhau] e que tinha vários doces e bolos 'bonitos'!!! troquei a sobremes por uma xícara de café delta, mas acabei comprando um bolo de arroz (kkk um bolinho bacia!! kkk) e um pastel de nata... mas como fui gulosa no almoço, só comi os docinhos na hora da janta!!!

aqui continua fazendo um frio danado... ando de blusa de manga comprida, lenço no pescoço e terninho... e ainda sinto frio... além disso é super seco... daí, eu uso batom e cremes o tempo todo!!!! uma moça fresca...

outra tentação... fui na loja de tecidos... sinto muito, mas vou comprar muitos!!!! não se compra o metro e sim uma peça com 6 metros de pano... cada um mais bonito que o outro... dá pra fazer saia ou vestido simples... ou usar pra colchas, toalhas ou cortinas.

das bebibidnhas - descobri uma sidra que vende aqui deliciosa... uma garrafinha gorducha... no mercado... maravilhoso, mas tudo caro de morrer!!! mas as bebidas são mais baratas... kkkk minha mala só vai ter garrafinhas... kkkkkk

no mais... hoje vamos numa festa... não sei onde... kkkkk pra distrair.
***************************************
a festa foi numa concessionária da toyota, ótimo e divertido, pena que chegamos tarde!!! mas ainda rolou amarula, chivas e presentinhos... e pra variar, chegamos em casa e ficamos horas fofocando na cozinha... :)

terça-feira, 22 de junho de 2010

angola - primeiras impressões

A primeira coisa que avistei (ainda do avião!!!) foram os candongueiros - a versão angolana dos kombeiros - todos em suas vans azul e brancas.
Na imigração muitos chineses, indianos e japoneses ricos (a passeio). Logo na saída o impacto de alguém pedindo dinheiro, um 'troco' brasileiro, que eu sorridente neguei. Na saída milhares de plaquinhas com o nome do povo, aparentemente todos chegam aqui a trabalho!!
Já no carro, no meio do caminho pra 'moradia' deu pra notar algumas coisas:
- muçulmanas... achei que não veria nenhuma por aqui!!
- uma enormidade de SUV e qq outro tipo de carro grande... IMENSOS!!!!
- a cidade é horizontalizada, espraiada e plana
- as mulheres e suas roupas coloridas com turbantes combinando e as crianças amarradas nas costas
- muita pobreza, que misturada com lixo e a poeira pela falta de chuvas, cria uma imagem bem ruim
- a cidade está em obras... pra todo lado se tem uma plca, um andaime, uma grua, um tapume...

quanto ao clima... estamos no cacimbo, uma névoa (por enquanto leve) que encobre o sol e deixa o dia meio cinzento, faz calor, mas esfria bastante a noite (kakaka parece o friozinho de caruaru)

agora... nunca vi tanta gente tão preta, nem tanta gente tão bonita!!!

a primeira impressão me deixou emocionada!!! já gosto de Luanda!!!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

vida nova??

pois então... as coisas vão mudando... e eu com elas.

recebi uma proposta [inesperada e irrecusável] pra trabalhar em Luanda, capital de angola... e aceitei!! estou viajando amanhã - sábado!!

minha cabeça dói [de verdade!!] com tantas coisas pra resolver e tantas outras pra deixar pra trás.

a documentação pro visto e etc... correu tudo bem... deu uma travada no exame médico, mas depois tudo resolvido... e foi aguardar os prazos e tempo de espera pro visto e arrumar as malas.

as malas mereciam um post à parte... pq como vc consegue reduzir sua vida em 50 kilos de bagagem... todo dia tiro um sapato, uma blusa, troco o vidro de perfume... afinal estava pensando em 64 kilos... mas só tenho direito a 55 kilos, isso incluído a bagagem de mão... sofroooooo

mas... tudo se resolve...
só pra deixar claro o andar dos acontecimentos...
  • 7 de abril eu fui trabalhar no cabo de santo agostinho como gerente de trânsito e transportes;
  • 28 de abril me chamam pra assumir um cargo no CTM [ex-emtu], de uma seleção pública que eu tinha feito há dois anos atrás!
  • 29 de abril aceito a proposta do CTM
  • 30 de abril peço exoneração do cabo, uma choradeira danada, pq a equipe do Cabo era 100% querida.
  • 03 de maio começo o trabalho no CTM
  • 05 de maio me ligam falando da vaga pra angola [e eu dei gargalhada no telefone!!! dizendo que nem queria ouvir a proposta]
  • 06 de maio me ligam brigando que tenho que ouvir a proposta... certo, eu concordo, diz pro 'fulano' me ligar... me ligam de angola... e eu ainda desdenho... afinal queria ficar 2 anos quietinha no CTM, porém à noite descubro que meu contrato no CTM vai pro brejo :s
  • 07 de maio recebo a carta confirmando que estava desfeito o contrato com a CTM... na mesma hora, e sem acreditar no que estava acontecendo, respondo um e-mail pra Angola. afinal, se não estava mais no CTM, era hora de aceitar a proposta!! designios divinos??!!
  • 09 de maio - decido ir pra angola.
e desde então... vou aos pouquinhos conversando com os amigos, no trabalho, comentando com os alunos e agora é de verdade... malas quase prontas, passaporte e visto na mão. Vou pro outro lado do atlântico fazer o que sei fazer na vida - trabalhar. a grande maioria diz que vou ficar rica... e eu só penso na possibilidade de fazer um trabalho completamente diferente. trabalhar é o grande tesão da minha vida... ADORO e estou apostando todas as fichas nessa oportunidade.

porém, ontem, conversando com um amigo querido, me dei conta que vou sair de sala de aula... que pessoa eu vou me transformar sem ser professora... sempre fui professora!!! trabalho desde 1999 como professora, as outras atividades complementavam a atividade docente... e agora... nada de sala de aula... medo!!!

quanto à minha vida, ela vai ficar esperando as coisas acontecerem... alguns dizem que vou 'esquecer' da vida... outros que vou 'deixar de viver'... mas eu acredito que as coisas só acontecem qd devem acontecer mesmo! pq, veja bem... eu nem quis ouvir a proposta, queria ficar quietinha e as coisas mudaram completamente... então... tenho que acreditar que é o mundo conspirando a favor.

vou morrer de saudades... já chorei baixinho... já chorei descontrolada... já fiz feito criança dizendo 'quero ir mais não!'... fico pensando em pequenas coisas que vou sentir saudades... pessoas, cheiros, conversas... minha cama, meu sofá... mas ao mesmo tempo abrir os dias pra novidades, para o desconhecido que me será tão familiar.

vou viajar... feliz e apavorada... ansiosa e curiosa... com medo mas confiante que tudo vai dar certo!!

volto a escrever de luanda... vamos mudar a localização geográfica deste bloguinho tão querido!!

sábado, 17 de abril de 2010

dificuldades...

eu tenho muitas dificuldades em tratar com autoridade... não sei chamar as pessoas de 'senhor' e 'senhora'... acho estranho... detesto que me tratem assim tb...

daí crio dificuldades de convívio...