Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 29 de março de 2011

destemperada... ou com pimenta demais?!

tenho pavio curto, quem convive comigo já deve ter me visto 'perder a paciência' por alguma bobagem...

as vezes são pequenas tolices... qd me dou conta... fui grossa feito uma parede de igreja antiga...

fico pensando até q ponto este meu 'destempero' faz parte do 'peter pan sindrome'... já que eu nunca quero crescer... adoro ser boba, infantil, moleca, agitada, barulhenta?!?!

então penso que já está na hora de ser 'adulta', mais séria - pq como alguém pode acreditar q é responsável uma pessoa q dança no corredor do trabalho?!?! que brinca com todos, que põe apelido e faz piada o tempo todo mundo... alguém q engasga pra tratar qq pessoa por 'senhor', 'doutor', 'diretor' ou qq outro nome de gente séria?!?!

o insuportável, é q qd aparece esta 'voz' rabugenta... eu ouço, como se não fosse eu, como se fosse outra pessoa q se apossa do meu ser e solta farpas... pra todos os lados... pras pessoas que amo e pra qq um q esteja por perto... um horror!!!

dai, como conviver com esta pessoa temperada ao extremo e que vai destilando veneno por onde passa, simplesmente pq não foi feita sua vontade exatamente na hora que ela deseja... difícil ser feliz desse jeito.

há tempos eu dizia "eu sou assim mesmo", hoje já penso que devo tentar controlar esta louca desvairada que vai derrubando todos a minha frente...

engraçado pensar q posso ser uma moça chorona e dengosa... e ao mesmo tempo... grossa e arrogante... eita vida múltipla... :(

Um comentário:

Franciscomattos disse...

Quer amiga? Procure Adri. Quer inimiga? Saia da frente dela.
Adriana não contou que é um doce de pessoa e extremamente solidária, humana.
Beijos!!!